Perguntas Frequentes

Para facilitar ainda mais a vida de nossos clientes, juntamos aqui as perguntas frequentes que recebemos e criamos essa página, para que possamos esclarecer de melhor forma as dúvidas.

Encontre aqui respostas para as perguntas frequentes:

  • Plano Individual/Familiar
  • Quem pode aderir?

    Plano para pessoa física individual e para plano familiar que contenha 2 ou mais beneficiários que comprovem o grau de parentesco de acordo com a regra exclusiva de cada operadora.

  • Como é feita a contratação?

    A contratação é feita a partir de um contrato estabelecido com a operadora de saúde escolhida, através de um corretor de planos de saúde.

     

  • Quais documentos são necessários?
    • Cópia do RG (de todos os beneficiários)
    • CPF; (de todos os beneficiários)
    • Comprovante de endereço no nome do titular do plano;
    • Documento que comprove o vínculo familiar;

  • Quando posso utilizar o plano e quais são as carências?

    Para saber a partir de quando você poderá utilizar seu plano após a contratação, é importante verificar os prazos de carência. Carência é o tempo que você terá que esperar para ser atendido pelo plano de saúde em um determinado procedimento. Esse tipo de informação está presente no seu contrato.

    Pela legislação de planos de saúde, para planos individuais ou familiares novos ou adaptados, contratados a partir de 02 de janeiro de 1999 ou adaptados à lei, a empresa que vende o plano de saúde pode exigir:

    SituaçãoTempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*
    Casos de urgência (acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional) e emergência (risco imediato à vida ou lesões irreparáveis)24 horas
    Partos a termo, excluídos os partos prematuros e decorrentes de complicações no processo gestacional300 dias
    Doenças e lesões preexistentes (quando contratou o plano de saúde, a pessoa já sabia possuir)**24 meses
    Demais situações180 dias

    Atenção: * Esses são limites de tempo máximos. Isso quer dizer que a operadora de planos de saúde pode exigir um tempo de carência menor que o previsto na legislação.

    ** Para as doenças e lesões preexistentes, o consumidor tem cobertura parcial temporária até cumprir dois anos de ingresso no plano. Durante esse período, ele não tem direito à cobertura para procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia – CTI e UTI – e cirurgias decorrentes dessas doenças.

    Fonte: ANS

  • Plano por Adesão
  • Quem pode aderir?

    É um  plano voltado para pessoa física. São concebidos em parceria com uma operadora ou seguradora e uma entidade de classe, por isso falamos que sua contratação depende da profissão do contratante.

  • Como é feita a contratação?

    Normalmente os planos de saúde por adesão são administrados por uma grande empresa do setor de gestão de benefícios, que é a responsável pelas negociações de preço entre as partes, a comercialização dos contratos e uma série de outros aspectos.

    Para aderir ao plano de saúde por adesão é necessária comprovação de vinculo com a entidade de classe, possuir formação acadêmica ou exercer alguma atividade que seja contemplada por alguma destas parcerias.

    Alguns exemplos de entidades de classe:

    AFPESP – Funcionários Públicos
    APCD – Dentistas
    CORECON-SP – Economistas
    CREA-SP – Engenheiros e Arquitetos
    CRECI-SP – Corretores de Imóveis
    CRMV-SP – Veterinários
    CRN3 – Nutricionistas
    FECOMERCIO – Comerciários
    SINDCONT – Contabilistas
    SIMPI – Micro e Pequena Indústria

  • Quais documentos são necessários?
    • Cópia do RG
    • CPF;
    • Comprovante de endereço no nome do titular do plano;
    • Documento oficial que comprove o vínculo com a entidade escolhida (OAB, CREA, CRM, etc)

  • Plano Empresarial
  • Quem pode aderir?

    Para aderir a este tipo de plano basta ter o número do CNPJ e possuir um mínimo de 2 vidas para colocar no contrato, sendo pelo menos 1 titular e 1 dependente.

  • Como é feita a contratação?

    Para fazer a contratação de um plano de saúde empresarial, também é por meio de corretor e rh ou direção da empresa. Preenchimento de contrato mãe, sendo esse usado para registrar os dados da empresa, como CNPJ, segmento, endereço, razão social e etc. E o contrato para os beneficiários que serão inclusos no plano, preenchido com os dados pessoais de cada e junto com a declaração de saúde.

  • Quais documentos são necessários?

    Documentos da Empresa: Contrato Social, Cartão de CNPJ, Comprovante de endereço, Guia de FGTS (quitado)

    Funcionário: Rg, CPF, Comprovante de endereço, Carteira de Trabalho.

Caso sua dúvida não tenha sido esclarecida na perguntas frequentes, entre em contato conosco. Teremos prazer em ajuda-lo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *